Início > Compras > Free Shop e Duty Free – Como economizar de verdade

Free Shop e Duty Free – Como economizar de verdade

Free Shop

O Free Shop, também conhecido como Duty-Free, é uma opção interessante para compras em aeroportos internacionais, pois oferece produtos com redução ou isenção de impostos. No entanto, é importante planejar suas compras com cuidado para aproveitar ao máximo essa oportunidade.

Dicas para economizar no Free Shop incluem pesquisa de preços tanto no país de destino quanto no Brasil, conversão de valores para reais de acordo com a cotação do dia e preferência por pagar em dólar em espécie para evitar o IOF em compras internacionais com cartão de crédito. Além disso, é essencial estar ciente da cota individual de compras, que aumentou para US$1000 desde janeiro de 2020, e compras acima desse valor são tributadas em 50%.

Tudo sobre Cotas de Isenção de Impostos.

Em relação ao que vale a pena comprar no Duty Free, os produtos mais vantajosos geralmente incluem cosméticos (maquiagens e perfumes), chocolates importados, bebidas alcoólicas e cigarros. Também pode ser interessante adquirir produtos fabricados no país onde o Free Shop está localizado, como perfumes na França, chocolates na Bélgica e vinhos na Argentina. É possível fazer reservas de produtos pelo site do Free Shop para agilizar o processo.

É importante não confundir as lojas de Free Shop com outras lojas similares no saguão, pois apenas os produtos vendidos nas lojas de Free Shop têm isenção de impostos.

Alguns dos melhores Duty Free incluem o aeroporto de Singapura, conhecido por sua variedade de produtos locais e infraestrutura de alta qualidade. O aeroporto de Dubai também é sofisticado e oferece produtos em ouro isentos de impostos, além de uma ampla variedade de itens. O aeroporto de Heathrow, em Londres, é recomendado na Europa para comprar perfumes, cosméticos, chocolates e roupas de grife, com marcas famosas disponíveis. No continente asiático, o aeroporto de Incheon, em Seul, oferece ótimas ofertas, especialmente em cosméticos.

No entanto, mesmo com a isenção de impostos, é importante racionalizar os gastos, fazer uma lista de compras, comparar preços e avaliar suas necessidades antes de embarcar para garantir um bom aproveitamento das compras no Free Shop.

Os Free Shops do Uruguai

Nas cidades uruguaias próximas à fronteira com o Brasil, os Free Shops (ou Duty Free) são conhecidos por oferecerem compras isentas de impostos, e este artigo explora as vantagens de visitá-los. Além das compras, essas cidades oferecem oportunidades para explorar a cultura, história e gastronomia do Uruguai, proporcionando uma experiência enriquecedora para os visitantes.

O autor do Texto Free Shops da Fronteira compartilha sua preferência por explorar a culinária local antes de iniciar as compras, mencionando que as parrillas, panaderias, queserías e quiosques de pancho são paradas obrigatórias. Ele também destaca a conveniência de não precisar passar pela imigração ou adquirir seguro de viagem quando se mantém nos limites das cidades fronteiriças.

Em relação às compras internacionais, o autor observa que as grandes lojas de departamento nas cidades fronteiriças oferecem produtos semelhantes, com variações nos preços devido à cotação do dólar do dia, promoções e disponibilidade de produtos. No entanto, ele tende a comprar nas mesmas lojas devido à consistência dos preços e visita as outras apenas quando tem tempo livre e não está com fome.

Uma dica valiosa compartilhada no artigo é que visitar os Free Shops durante a semana, longe de feriados, pode resultar em promoções mais vantajosas e até mesmo uma cotação de dólar mais favorável do que a oficial. Isso ocorre devido à lei da oferta e da procura, onde lojas com poucos clientes precisam ser criativas para atrair turistas consumidores, resultando em melhores ofertas.

O autor argumenta que, em termos de custo e conveniência, visitar as cidades fronteiriças com o Uruguai é mais agradável e econômico do que viajar até Foz do Iguaçu para fazer compras no Paraguai ou em Puerto Iguazú. Ele também observa que é mais econômico em comparação às lojas Duty Free encontradas em aeroportos internacionais.

O artigo destaca as regras básicas aplicáveis a todos os Free Shops, como a importância de guardar todas as notas fiscais para evitar problemas com a Receita Federal ou Vigilância Sanitária. Além disso, o limite de compras nas fronteiras terrestres é de US$500 dólares e até 6 litros de bebidas por pessoa, com a apresentação do RG ou passaporte necessária no pagamento. O desconto de imposto só se aplica a brasileiros no Uruguai ou a uruguaios no Brasil, nunca o contrário.

O autor também menciona as lojas Duty Free mais comuns nas cidades fronteiriças, incluindo Duty Free American (DFA), Neutral Duty Free Shop e The Place Free Shop, detalhando seus modelos de negócio e variedades de produtos.

Em relação às compras em 2023, o autor observa que os produtos uruguaios são mais baratos nas lojas de Free Shop devido à isenção de impostos, embora a vantagem dependa do desejo pessoal do comprador, já que o dólar continua alto. Ele sugere o uso de cartão de débito de conta internacional, como o Wise, para economizar em taxas de câmbio e IOF. Produtos como vinhos e espumantes estão com preços excelentes, com descontos para compras em quantidade. Alguns eletrônicos podem ser uma boa opção, desde que sejam pagos à vista, e parcelar no cartão de crédito pode ser mais atraente. Perfumes, cremes e maquiagens importados oferecem bons valores em comparação com as mesmas marcas no Brasil, embora produtos brasileiros possam estar mais caros.

O autor encerra o artigo enfatizando que, além dessas categorias, tudo o que estiver em promoção deve ser considerado, especialmente marcas não disponíveis no Brasil. Ele compartilha sua experiência de compra de roupas quentes a preços acessíveis em uma viagem anterior.

Leia também: Uruguai e Lojas e Free Shops do Uruguai