Polivitamínicos tipo Centrum: Vale a pena tomar?

Tomar qualquer suplemento alimentar ou mesmo medicamento sem qualquer tipo de acompanhamento médico ou de um nutricionista é sempre perigoso. Assim como pode ajudar, pode ser prejudicial, por isso é sempre bom analisar uma série de fatores antes de começar a consumir este tipo de produto.

Sabe aquela bonita propaganda com Luciano Huck e da Angélica tomando café da manhã, com uma mesa bem colorida ao fundo e falando sobre o Centrum? Nunca mais vi…

Já tomei muito Centrum e outras marcas sim por minha conta e risco, faço uso de outros suplementos alimentares também, mas isso é outro assunto. Na minha singela opinião, acho que o efeito é mais psicológico no meu caso, porque minha alimentação é até equilibrada.

A promessa do produto é repor vitaminas e nutrientes que estejam em baixa ou que faltem na dieta, já que nos dias de hoje comer direito é cada vez mais difícil. O problema é que não sabemos de fato os níveis de excesso ou carência de vitaminas no nosso organismo.

Pode ser prejudicial?

Alguns tipos de vitaminas que ingerimos em exagero simplesmente são descartados pelo organismo, mas outros podem fazer com que algum orgão trabalhe mais do que o normal, podendo trazer alguns problemas futuros sim. Um bom exemplo são os rins, que a longo prazo podem formar cálculos dependendo dos minerais que são ingeridos em demasia em nossa dieta.

Tudo que o que foge da normalidade faz mal. Aquela velha frase é sempre verdadeira: “Água de mais na planta, pode até matá-la”.

Polivitamínico engorda? É medicamento?

Não, de forma alguma o produto engorda, para isso seria necessário conter grande quantidade de calorias. Já vi em algumas farmácias, o balconista fazendo propaganda de determinado produto que não engordava, dizendo que havia tomado o concorrente e tinha ganhado peso. Absurdo!

Os polivitamínicos não são considerados medicamentos e podem ser vendidos livremente. No rótulo normalmente consta dispensa de fiscalização do ministério da saúde, por ser considerado um alimento ou suplemento alimentar.

Moral da História

Eu já tomei e acho que me fez até bem. Ajuda a nutrir e me deixa mais disposto, já que as vezes faço umas dietas restritivas e a vitamina C (uma das vitaminas que o produto contém) ajuda na recuperação muscular. O produto cumpre o que promete, mas é sempre bom dar uma conferida com o médico e ver como está o seu organismo, fazer exames de rotina e etc. Considerar o produto como um auxiliar e sempre usando o bom senso.

Ah, lembro que também existem versões do produto para homens ou mulheres e pessoas de idade avançada, mas nesse caso eu acredito que não faça muita diferença, seja na verdade marketing para vender mais. Vale sempre lembrar que não sou médico e não estou expondo nenhuma informação técnica aqui, mas de pesquisa, opinião e experiência própria.