Você sabe o que é Caviar?

Caviar comprar em um dos Free Shops. Foto: Compras e Lojas

Agora você não poderá dizer que apenas ouviu falar, pois basta fazer uma viagem à Rivera que este alimento de luxo poderá ser apreciada por um preço bastante acessível.

Para muitas pessoas, caviar é comida de rico, algo que até mesmo virou samba na voz de Zeca Pagodinho. Esta iguaria desperta a curiosidade de muita gente, mas é algo que está presente no cardápio de poucos. O que é fácil entender, pois uma lata com ovas de esturjão possui preços entre 6.000€ e 12.000€.

No entanto, é possível você matar sua curiosidade com Caviar composto por ovas de outras espécies de peixes, custando em torno de U$ 7,00 nos Free Shops de Rivera. A maioria das lojas possui áreas dedicadas exclusivamente a produtos alimentícios, assim como o Caviar, você poderá comprar um bom vinho ou espumante para acompanhar e até mesmo as conhecidas torradinhas.

Como bom curioso, decidi experimentar e compartilhar a experiência com vocês, até aquele momento, assim como muitas pessoas, eu somente havia ouvido falar.
A experiência foi bastante interessante. Como era de se esperar, o gosto lembra bastante peixe e algumas iguarias da culinária oriental como sushis e sachimis. A diferença é que o Caviar é mais salgado. O grande barato acontece quando as ovas estouram sutilmente na boca. Se você ainda não experimentou, vale a pena, mesmo que seja para tirar vantagem com seus amigos.

Saiba Mais…

O caviar consiste em ovas de esturjão não-fertilizadas salgadas, onde não há qualquer tipo de aditivo químico. Pelo seu alto valor monetário, a iguaria é considerada alimento de luxo e está presente nos cardápios da “alta cozinha” e nos pratos de uma parcela bastante pequena da população.

De maneira tradicional se chama de “caviar” apenas às ovas originadas das espécies selvagens de esturjão, do Mar Cáspio e seus afluentes, em regra oriundas da Rússia ou do Irão (caviar Beluga, Ossetra e Sevruga).

Atualmente, pode se atribuir o nome de “caviar” para uma variedade de produtos de baixo preço, como as ovas de salmão, de truta, de lumpo, entre outros. No entanto, segundo órgãos especializados, as ovas de qualquer espécie que não correspondam ao esturjão, não consistem em um legítimo caviar, mas sim versões alternativas de caviar.

Por Diego Reis