Inveja e superstição: Até que ponto ela mexe contigo?

Um aviso primeiro: se você não acredita nem um pouquinho no assunto, não prossiga neste post, pule para o próximo. Isso aqui é pro clube das vibes, energias e afins. Mas se ficou curioso (a)? Vai fundo… 😀

Eu não sei explicar o que acontece comigo, mas parece que isso funciona cada vez mais, a atração pelas coisas que eu penso. Acho que com todo mundo funciona assim, alguns acreditam, outros não. E definitivamente não estou falando em religião ou crença específica, tem mais a ver com aquele filme de uns anos atrás: O Segredo. Ainda que eu ache que o filme era muito comercial, porque eu não gostei, mas em algum ponto, ele acertava.

E o pior que quanto mais a gente briga com a gente mesmo para não ter pensamentos ruins e valorizar ideias e coisas boas, a negatividade insiste em tomar conta da cabeça. E a gente acaba pensando nelas. 🙁

Inveja

O que eu acho mais engraçado é que quem não acredita ou nem lembra que inveja existe, não absorve, não é atingido. Isso é fato!

Uma coisa que eu tive total certeza, é que naquelas épocas de “marés boas” na vida, não dá tempo de pensar coisa ruim e nem lembrar da inveja e acabam acontecendo uma sucessão de coisas boas. Quando as coisas pioram, trazem mais negatividade junto.

É só comigo será? Eu me esforço um monte para focar só nas minhas metas e trabalhar nelas (é nisso que acredito, já que nada cai do céu), mas as vezes lá no fundo, a gente pensa: E SE… Não vai dar certo…

Acho que tudo isso é uma grande evolução e eu ainda chego lá.

Superstição

Para mim, superstição já é um assunto mais bobo, tem a ver com os amuletos, rituais e até manias. Eu tenho várias e vários superstições, mas nada muito grave. Existem pessoas que possuem dias específicos que não podem fazer negócios, etc. Vira mania.

Sabe que isso tem um fundo de verdade, tem a ver com o que disse ali em cima, energia. Tendo seus rituais ou pequenas superstições, você está focando-se em algo, pensando no que quer e traçando um objetivo. É tudo energia, ou chame como quiser, mas eu tenho certeza que isso faz muito sentido e gosto de acreditar nisso.

amigos

O grande objetivo é afastar pensamentos ruins e o foco no que os outros pensam na gente, isso não leva A NADA!

Na hora parece que sim, o que os outros vão pensar. Ou então, você está fazendo algo legal e torna aquilo público, e fica imaginando: o que será que vão falar de mim, fulano deve estar se mordendo. E daí? Esquece eles (como se fosse fácil…).

Por via das dúvidas, compra uma ‘comigo ninguém pode’ (folhagem) ou um pé de arruda para casa, coloca uma nota de um dólar na carteira e não passa em baixo de escadas jamais! 😀